segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Cansarei do Cansei?

Publiquei o texto abaixo na comunidade Cansei, do Orkut. Fui deletado pelos moderadores. Por isso, caro leitor deste blog, se você acha que vale a pena participar do movimento, pense duas vezes. Só por isso, já vi onde vai acabar: já cansei do Cansei.

Por que não cansaremos do movimento Cansei? Já não vimos o Sou da Paz? Já não vimos o Impostômetro? “Doe Ouro pelo Brasil”! Movimento cívico desse, daquele e daquilo outro... O que mudou?
Vou repetir o que já disse em outro tópico: passeata, abaixo-assinado, nariz de palhaço, cruzes enterradas no gramado, e-mail de protesto e outras bobagens de mesmo matiz já foram esmagadas por um gigante implacável: a realidade dos fatos.
Eu não sei ainda exatamente o que funcionará, mas tenho absoluta certeza de que os métodos já tentados fracassaram vergonhosamente. Por isso, qual é a diferença sutil, aquela que justifique que não estou por aqui simplesmente perdendo o meu tempo com asneiras infrutíferas?
Vejamos: de onde menos se espera, daí é que não sai mesmo nada, já dizia o Barão de Itararé. Portanto, do Estado brasileiro, nada podemos esperar. Não só do Estado, mas também de todos aqueles que vivem dele ou se apóiam nele: funcionários públicos, empresas coniventes, grandes redes de televisão, ONGs, estatais, sindicatos ou organizações profissionais e empresariais, fundações, de toda a espécie, artistas que se aproveitam de mamatas e incentivos fiscais, campanhas de caridade cujo único interesse é o de se escafeder dos impostos... enfim, sobre o que está aí, tenho absoluta certeza que não funciona. A crueza da realidade, prova.
Muito bem, continuando. Onde está a saída? Insisto, em um grupo que tenha interesse em mudar isso. E quem tem interesse? O populacho que só curte diversões baratas? Não creio. Quem teria interesse é quem ganhasse dinheiro em melhorar o país. Empresários criativos.
No idioma chinês, a palavra oportunidade está contida na palavra crise. Os órgãos de defesa do consumidor não funcionam? Por que não criar um órgão particular, como o “Costumer Reports” dos Estados Unidos? As pessoas são desonestas? Por que não criar um clube de negócios em que se possa denunciar livremente aqueles que agiram mal. O dinheiro corrompe? Por que não acabar com o dinheiro cash? Já existe o meio tecnológico para isso, só falta investimento e boa vontade.
Por isso, se alguém quiser um sócio idealista e com boas idéias para ganhar dinheiro e de lambuja ainda mudar o Brasil para melhor, conte comigo. Se ao contrário, caros companheiros de comunidade, vocês estiverem aqui apenas pela atmosfera festiva e falta do que fazer, façam então algo mais útil: escrevam um livro, plantem uma árvore... tenham um filho... mas por favor não me façam perder tempo com esse “dejá vu” patético.
PS: Luciano Camargo já cansou do Cansei.

2 comentários:

¢em@ לאכימ דלא disse...

O problema de se ter filhos - sobretudo na conjuntura atual - são essas pobres crianças nascidas não "do espírito", mas "da carne".

Emilio Pacheco disse...

Eu acho que a solução é uma só, para todos, de esquerda, direita, centro, "tanto faz": acabar com essa mania de querer derrubar governo e aprender a votar. Aprender a exercer a democracia. Aprender que nada como uma eleição após a outra. Chega de manobras oportunistas. Vamos endireitar o país na urna, devagar e sempre. Eu achava precipitado o "Fora FHC" como acho o "Fora Lula". Até a queda do Collor me deixou apreensivo, embora eu não gostasse dele. Cansou? Mostra no voto. Pronto!